Temas Sociais - Saúde

QREN e PORTUGAL2020 Procurar Subscrição

RESPOSTA AOS ATAQUES DOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE, COLIGADOS NA APHP, À ADSE E UM ESCLARECIMENTO AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE - INFORMAÇÃO 5/2018

7 de setembro de 2018

O RISCO DE DESEQUILÍBRIO FINANCEIRO NA ADSE E O VOGAL PARA O CONSELHO DIRETIVO ELEITO PELOS BENEFICIÁRIOS QUE NÃO É DO AGRADO DOS GRANDES GRUPOS ECONÓMICOS PRIVADOS DE SAÚDE - INFORMAÇÃO 4/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE

27 de abril de 2018

A SUSTENTABILIDADE DA ADSE SÓ PODERÁ SER CONSEGUIDA COM AJUDA (também) DOS BENEFICIÁRIOS (peço a sua ajuda para que esta informação chegue ao maior numero de trabalhadores e de aposentados da Função Pública)

3 de março de 2018

INFORMAÇÃO Nº3 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE SOBRE A NOVA TABELA DE PREÇOS DA ADSE A ENTRAR EM VIGOR EM MARÇO DE 2018

12 de janeiro de 2018

INFORMAÇÃO Nº2 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE (peço a sua ajuda para que esta informação chegue ao maior número de trabalhadores e aposentados da Função Pública)

12 de dezembro de 2017

INFORMAÇÃO Nº1 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE (peço ajuda para que esta informação chegue ao maior numero possivel de trabalhadores e aposentados da Função Pública)

1 de novembro de 2017

A IGUALDADE CONSTITUCIONAL E A DISTRIBUIÇÃO DOS RECURSOS EM SAÚDE: uma reflexão sobre a situação do setor da saúde e do SNS em Portugal

29 de outubro de 2017

ELEIÇÕES PARA A ADSE: A Lista G, apoiada pela Frente Comum da Função Pública, obteve 45,1% dos votos expressos e elegeu 3 dos 4 membros que faltavam no Conselho Geral e de Supervisão da ADSE

20 de setembro de 2017

AS ELEIÇÕES PARA A ADSE EM 19 DE SETEMBRO DE 2017: é necessário que os 830.000 trabalhadores e aposentados da Função Pública com direito a voto participem

15 de setembro de 2017

A DESPESA PÚBLICA COM A SAÚDE DIMINUIU EM PORTUGAL, MAS A PAGA PELAS FAMÍLIAS AUMENTOU. E O NEGÓCIO PRIVADO DA SAÚDE DISPAROU

1 de julho de 2017

ALGUNS CONTRIBUTOS VISANDO A MELHORIA DO PROJETO DE DECRETO-LEI DO GOVERNO SOBRE A ADSE QUE ESTÁ EM DISCUSSÃO PÚBLICA

16 de novembro de 2016

UM MODELO PARA ADSE DE INSTITUTO PUBLICO DE GESTÃO PARTICIPADA COM CONTROLO EFETIVO DOS TRABALHADORES E APOSENTADOS, DIFERENTE DOS INSTITUTOS EXISTENTES

29 de junho de 2016

CONTRIBUTOS PARA O DEBATE SOBRE A ADSE: as contradições do documento da comissão nomeada pelo governo, as suas propostas, e a alternativa a elas

5 de junho de 2016

O MINI-PLANO DE VIEIRA DA SILVA DE COMBATE À EVASÃO E FRAUDE, O NOVO CORTE DE 100 MILHÕES € NAS PRESTAÇÕES SOCIAIS, E A GESTÃO DA ADSE EM BENEFICIO DOS GRUPOS PRIVADOS DE SAÚDE

21 de maio de 2016

ADSE: Contributos para o debate sobre o seu futuro

14 de abril de 2016

A “AMBIÇÃO” DO GOVERNO PS PARA O SNS EM 2016 COM UM ORÇAMENTO IGUAL AO DE 2015, E O PERIGO DA PRIVATIZAÇÃO CRESCENTE DA SAÚDE UTILIZANDO A ADSE

15 de março de 2016

CONTRIBUTOS PARA O DEBATE SOBRE A SUSTENTABILIDADE DO S.N.S.

29 de novembro de 2014

A COMPARTICIPAÇÃO DO ESTADO NA SAÚDE DIMINUIU EM PORTUGAL, TENDO AUMENTADO OS CUSTOS DE SAÚDE SUPORTADOS PELA POPULAÇÃO

12 de julho de 2014

A DESTRUIÇÃO DO SNS ATRAVÉS DO FINANCIAMENTO E A LUTA DOS MÉDICOS EM SUA DEFESA

9 de julho de 2014

35 ANOS DE SNS : Contributos para um debate necessário

20 de abril de 2014

140 MILHÕES € DE DESCONTOS A MAIS PARA A ADSE PARA REDUZIR O DÉFICE DO OE-2014

22 de fevereiro de 2014

O AUMENTO DE 133% NOS DESCONTOS PARA A ADSE, ADM E SAD E A DEGRADAÇÃO DO SNS

19 de janeiro de 2014

A DESTRUIÇÃO DO SERVIÇO NACIONAL DE SAUDE ATRAVÉS DO ESTRANGULAMENTO FINANCEIRO

24 de novembro de 2013

A DESPESA PÚBLICA COM A SAÚDE EM PORTUGAL ESTÁ A DIMINUIR, O QUE ESTÁ A CAUSAR O AUMENTO DOS CUSTOS DA SAÚDE PARA AS FAMILIAS E A PRIVATIZAÇÃO DA SAÚDE

24 de julho de 2013

EM DEFESA DAS FUNÇÕES SOCIAIS DO ESTADO- Estado Social

24 de abril de 2013

OS ATAQUES DO FMI E GOVERNO AO SNS, E COMO GARANTIR A SUSTENTABILIDADE DO SNS

3 de fevereiro de 2013

O FALSO DILEMA “MENOS SAUDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA SOCIAL OU MAIS IMPOSTOS” de Vítor Gaspar

26 de janeiro de 2013

SNS: alguns dados e propostas importantes para a sua defesa

15 de abril de 2012

GOVERNO E “TROIKA” PÕEM EM PERIGO O FUNCIONAMENTO DO SNS EM 2012

4 de fevereiro de 2012

O ATAQUE ÀS FUNÇÕES SOCIAIS DO ESTADO E AOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA

25 de setembro de 2011

O “MODELO” PARA GARANTIR A “SUSTENTABILIDADE” DO SNS DA PRESIDENTE DO GRUPO ESPIRITO SANTO SAUDE

26 de fevereiro de 2011

O PROJECTO DE DECRETO LEI DO GOVERNO QUE VISA ALTERAR AS CONDIÇÕES DE ACESSO À ADSE E A ESTRANHA RESPOSTA DO SECRETÁRIO DE ESTADO

16 de novembro de 2010

GESTÃO DA SAUDE EM TEMPOS DE CRISE: Como racionalizar os consumos na saude e garantir a sustentabilidade do SNS

13 de novembro de 2010

O ATAQUE AO ESTADO SOCIAL EM PORTUGAL

24 de outubro de 2010

OS PREJUÍZOS ACUMULADOS DOS HOSPITAIS PÚBLICOS JÁ ATINGEM 1341 MILHÕES €, ESTANDO A SER UTILIZADOS PARA REDUZIR O DÉFICE ORÇAMENTAL

5 de setembro de 2010

OS “HOSPITAIS EPE” TAMBÉM TÊM SIDO UTILIZADOS PELO GOVERNO PARA REDUZIR O DÉFICE ORÇAMENTAL

28 de janeiro de 2009

O AGRAVAMENTO DA SITUAÇÃO FINANCEIRA DO SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE E A DEGRADAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE

16 de dezembro de 2007

A SAÚDE E OS CUSTOS DA SAÚDE EM PORTUGAL

18 de março de 2007

OS NEGÓCIOS COM PRIVADOS FAZEM DISPARAR DESPESAS

15 de julho de 2006

O AGRAVAMENTO DO CONFLITO PÚBLICO-PRIVADO NO SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE AUMENTA INEFICIÊNCIAS E CUSTOS

9 de abril de 2006

O SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE É SUSTENTÁVEL

26 de março de 2006

A TRANSFORMAÇÃO DOS HOSPITAIS SA EM HOSPITAIS EPE, A PRIVATIZAÇÃO DA SAÚDE EM PORTUGAL E O PROGRAMA DO GOVERNO PS PARA A ÁREA DA SAÚDE

9 de abril de 2005

OS QUATRO SISTEMAS DE GESTÃO ACTUALMENTE EM CONFRONTO NO ÂMBITO SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE (SNS) E O PROGRAMA DO PS PARA A SAÚDE

28 de fevereiro de 2005

PARCERIAS PUBLICO-PRIVADAS (PPP) NA SAÚDE :- O que são, e quais são as suas consequências para o Serviço Nacional de Saúde e para os portugueses

28 de outubro de 2004

O GOVERNO PRETENDE IMPOR TRABALHO BARATO E DESREGULAMENTADO NO SECTOR DE SAÚDE PARA GARANTIR QUE SEJA O NEGÓCIO DO SÉCULO XXI

28 de outubro de 2004

Estudos disponíveis nas seguintes áreas:

TEMAS ECONÓMICOS