Temas Económicos - Orçamento do Estado e Segurança Social

QREN e PORTUGAL2020 Procurar Subscrição

O SUBFINANCIAMENTO DO SNS VAI CONTINUAR EM 2019, O QUE DIFICULTARÁ AINDA MAIS O ACESSO DOS PORTUGUESES AOS SERVIÇOS DE SAÚDE

8 de dezembro de 2018

O AUMENTO DO NÚMERO DE TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA E A DIMINUIÇÃO "SURPREENDENTE" DA DESPESA COM PESSOAL DAS ADMINISTRAÇÕES PÚBLICAS

7 de setembro de 2018

OE-2017: um orçamento que amordaça as funções sociais do Estado e o investimento público para reduzir em mais de 33% o défice

4 de novembro de 2016

O OE-2017: um orçamento com uma redução do défice que impede resolver o principal problema do país que é o crescimento económico, mas que não aumenta a carga fiscal, e responde a algumas situações sociais mais prementes

15 de outubro de 2016

A “AMBIÇÃO” DO GOVERNO PS PARA O SNS EM 2016 COM UM ORÇAMENTO IGUAL AO DE 2015, E O PERIGO DA PRIVATIZAÇÃO CRESCENTE DA SAÚDE UTILIZANDO A ADSE

15 de março de 2016

AS PPP´s CUSTARAM AO ESTADO 1.487 MILHÕES € EM 2015 E, EM 2016, SERÃO 1.690 MILHÕES € E NADA MUDA COM O ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2016

23 de fevereiro de 2016

É NECESSÁRIO TRIBUTAR MAIS OS LUCROS EXORBITANTES DA GALP E DE OUTRAS PETROLÍFERAS, E NÃO SOBRECARREGAR OS CONSUMIDORES COM MAIS IMPOSTOS

13 de fevereiro de 2016

A CARGA FISCAL EM 2016, EM % DO PIB, DIMINUI COM O OE-2016 DO PS, MAS AUMENTARIA COM O PROGRAMA DE ESTABILIDADE 2015-2019 DO GOVERNO PSD/CDS

9 de fevereiro de 2016

COMO SÃO FINANCIADOS OS “COFRES CHEIOS” DA MINISTRA DAS FINANÇAS?

27 de março de 2015

UM ORÇAMENTO IMORAL QUE VAI PROLONGAR A RECESSÃO ECONÓMICA E AGRAVAR AS DESIGUALDADES

3 de novembro de 2013

UM ORÇAMENTO DE ESTADO QUE AGRAVA AS DESIGUALDADES, E QUE ESPOLIA TRABALHADORES E PENSIONISTAS

20 de outubro de 2013

OS CORTES ADICIONAIS NA DESPESA PÚBLICA QUE O GOVERNO PRETENDE FAZER EM 2014 E 2015 AGRAVARÃO A RECESSÃO ECONOMICA EM 4% (p.p.)

17 de maio de 2013

LEI OE-2013 TRATA FISCALMENTE DE UMA FORMA DESIGUAL CONTRIBUINTES COM O MESMO RENDIMENTO

3 de dezembro de 2012

VITOR GASPAR MENTE QUANDO AFIRMA QUE A PROPOSTA DE LEI DE OE-2013 SALVAGUARDA AS FAMILIAS DE MAIS BAIXOS RENDIMENTOS

21 de outubro de 2012

O 1º ORÇAMENTO RECTIFICATIVO DE 2012: significado e consequências

2 de abril de 2012

POR QUE RAZÃO A RETENÇÃO DO IRS AOS TRABALHADORES DO SECTOR PRIVADO, AOS REFORMADOS E AOS APOSENTADOS AUMENTOU TANTO EM 2012?

26 de fevereiro de 2012

O PEC:2011-2014 - Consequências para os portugueses e para a economia portuguesa

22 de março de 2011

PT E ACCIONISTAS NÃO PAGAM IMPOSTOS COM A CONIVÊNCIA DO GOVERNO, E O CINISMO DE SÓCRATES FACE A ESTE ESCÂNDALO, E O DE CAVACO SILVA EM RELAÇÃO À CRISE

7 de novembro de 2010

GOVERNO CORTA E CONGELA REMUNERAÇÕES NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, MAS AO MESMO TEMPO AUMENTA EM 205% A VERBA PARA TAREFEIROS, E EM 20% AS DESPESAS DE REPRESENTAÇÃO DOS GOVERNANTES E CHEFIAS

20 de outubro de 2010

OE20111- Um orçamento que vai destruir ainda mais a economia e agravar as desigualdades e as dificuldades dos portugueses

17 de outubro de 2010

O “PACOTE FISCAL” DO GOVERNO E DO PSD DISTRIBUI DE UMA FORMA DESIGUAL OS SACRIFICIOS AGRAVANDO AINDA MAIS A INJUSTIÇA FISCAL

1 de junho de 2010

NO PERIODO 2011 A 2015 OS TRABALHADORES VÃO SER OBRIGADOS A PAGAR MAIS 2.029 MILHÕES DE IRS DEVIDO AO PEC:2010-2013

26 de março de 2010

UM ORÇAMENTO QUE NÃO EVITA A RECESSÃO E QUE É INSUFICIENTE PARA IMPEDIR O AGRAVAMENTO DA SITUAÇÃO SOCIAL

20 de setembro de 2009

O OE2009 VAI DETERMINAR A REDUÇÃO DO PODER DE COMPRA DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA E A AQUISIÇÃO MACIÇA DE SERVIÇOS A PRIVADOS

25 de outubro de 2008

A REDUÇÃO EXTRAORDINÁRIA DO DÉFICE EM 2007 FOI CONSEGUIDA TAMBÉM À CUSTA DOS DESEMPREGADOS E DOS REFORMADOS COM PENSÕES MAIS BAIXAS

26 de janeiro de 2008

O GOVERNO PRETENDE REDUZIR O DÉFICE EM 2008 CORTANDO 4.287 MILHÕES DE EUROS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E AUMENTANDO OS APOSENTADOS EM APENAS 55 CENTIMOS POR DIA

3 de janeiro de 2008

O ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2008: um orçamento que agrava a injustiça fiscal e não promove o investimento nem o crescimento

20 de outubro de 2007

NO OE2008 GOVERNO REDUZ O ORÇAMENTADO PARA REMUNERAÇÕES DOS TRABALHADORES MAS AUMENTA PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS A PRIVADOS

29 de setembro de 2007

AS PRIVATIZAÇÕES AGRAVARAM O DÉFICE ORÇAMENTAL E O DÉFICE EXTERNO, E AS CONDIÇÕES DE VIDA EM PORTUGAL

21 de julho de 2007

A REDUÇÃO DO DÉFICE ORÇAMENTAL EM 2007 VAI SER CONSEGUIDA ATRAVÉS DE DESORÇAMENTAÇÕES DE FACTO E DE MEDIDAS EXTRAORDINÁRIAS

13 de fevereiro de 2007

DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS NA LEI DO OE2007: -Tira a trabalhadores e pensio-nistas, mas mantém e até cria novos benefícios fiscais para uma minoria já privilegiada

17 de dezembro de 2006

A Lei do Orçamento do Estado para 2007 vai determinar aumento da carga fiscal e redução do poder de compra para mais de 826.000 reformados e deficientes

12 de dezembro de 2006

UM ORÇAMENTO QUE NÃO GARANTE O CRESCIMENTO ECONÓMICO E SEM PREOCUPAÇÕES SOCIAIS

12 de novembro de 2006

Um orçamento de confronto com os trabalhadores e que vai determinar a degradação da Administração Pública e dos serviços essenciais que esta presta à população

29 de outubro de 2006

O ORÇAMENTO DO ESTADO APROVADO PARA 2006 PERMITE AUMENTAR OS SALÁRIOS DA FUNÇÃO PÚBLICA MAIS DO QUE 1,5% E A AUTOEUROPA MENTIU QUANDO APRESENTOU A PROPOSTA EM NOVEMBRO DE 2005 QUE DETERMINAVA NOVA REDUÇÃO DO PODER DE COMPRA EM 2006

15 de janeiro de 2006

AS AFIRMAÇÕES DO MINISTRO DAS FINANÇAS SOBRE A SEGURANÇA SOCIAL SÃO IRRESPONSÁVEIS E ALARMANTES E NÃO SÃO VERDADEIRAS

10 de janeiro de 2006

O ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2006 E A CRISE ECONÓMICA E SOCIAL EM PORTUGAL

17 de dezembro de 2005

BENEFICIOS E OUTROS PRIVILÉGIOS FISCAIS MANTÊM-SE NO ORÇAMENTO PARA 2006 DETERMINANDO ELEVADAS PERDAS DE RECEITAS PARA O ESTADO

7 de novembro de 2005

A PROPOSTA DE ORÇAMENTO PARA 2006 DO GOVERNO DETERMINA O AUMENTO DOS IMPOSTOS E O AGRAVAMENTO DA INJUSTIÇA FISCAL

4 de novembro de 2005

O DÉFICE ORÇAMENTAL NÃO É INSUSTENTÁVEL. O QUE É INSUSTENTÁVEL É A ESTAGNAÇÃO ECONÓMICA E A GRAVE INJUSTIÇA SOCIAL EXISTENTE EM PORTUGAL

5 de julho de 2005

ORÇAMENTO RECTIFICATIVO-2005, O AGRAVAMENTO DA INJUSTIÇA FISCAL E O COMBATE À EVASÃO E FRAUDE FISCAL POR PARTE DO GOVERNO PS

29 de junho de 2005

AS PRIVATIZAÇÕES CONTRIBUÍRAM PARA AGRAVAR O DÉFICE ORÇAMENTAL E NÃO IMPEDIRAM O RÁPIDO CRESCIMENTO DA DIVIDA PÚBLICA

13 de fevereiro de 2005

OS AUMENTOS REAIS DAS PENSÕES DE REFORMA SÃO MUITO INFERIORES ÀQUELES QUE O GOVERNO PRETENDE FAZER CRER

20 de novembro de 2004

A CONSTITUIÇÃO DA REPUBLICA E A PROPOSTA DE ORÇAMENTO DO

14 de novembro de 2004

Estudos disponíveis nas seguintes áreas:

TEMAS ECONÓMICOS